Atendimento (11) 4212-2242 (11) 99646-5905 (WhatsApp) SEG a SEX 9 as 18h Sábados 9 as 13:00
Medalha/Moeda FEB em comemoração aos 70 anos do Brasil na Itália, produto exclusivo tiragem limitada!
  • Medalha/Moeda FEB em comemoração aos 70 anos do Brasil na Itália, produto exclusivo tiragem limitada!
  • Medalha/Moeda FEB em comemoração aos 70 anos do Brasil na Itália, produto exclusivo tiragem limitada!
  • Medalha/Moeda FEB em comemoração aos 70 anos do Brasil na Itália, produto exclusivo tiragem limitada!
  • Medalha/Moeda FEB em comemoração aos 70 anos do Brasil na Itália, produto exclusivo tiragem limitada!
  • Medalha/Moeda FEB em comemoração aos 70 anos do Brasil na Itália, produto exclusivo tiragem limitada!

Medalha/Moeda FEB em comemoração aos 70 anos do Brasil na Itália, produto exclusivo tiragem limitada!

Sku: 5982327733D96

Categoria: Produtos Raros

Quantidade Disponivel: 13 un

Por R$ 69,00

à vista R$ 65,55 economize 5% no Depósito Bancário

ou em 6x de R$ 13,16

Ver parcelas
1xdeR$ 69,00 Sem Juros Total: R$ 69,00
2xdeR$ 34,50 Sem Juros Total: R$ 69,00
3xdeR$ 23,00 Sem Juros Total: R$ 69,00
4xdeR$ 19,00 Com Juros Total: R$ 76,02
5xdeR$ 15,49 Com Juros Total: R$ 77,47
6xdeR$ 13,16 Com Juros Total: R$ 78,95
Frete e Prazo

Simule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região:

Descrição do Produto

Moeda / Medalha comemorativa da FEB 70 anos feita em latão, pintada e acabamento em verniz produto excelente qualidade exclusivo tiragem limitada garanta a sua produto colecionável!

Informações do Produto

A cobra fumou!
Uma moeda especial que celebra os 70 da participação da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial.

O Brasil se envolveu no conflito após ter cinco navios mercantes em navegação costeira bombardeados por submarinos alemães, acontecimento que fez mais de 600 vítimas. 

Criada em 1943, a FEB foi concretizada com a criação da 1º Divisão de Infantaria Expedicionária, a DIE, e levou à Itália mais de 25 mil homens, que lutaram com bravura e representaram o Brasil ao lado das forças aliadas no combate ao nazismo.

Seu lema de campanha “A cobra está fumando!”, era uma alusão irônica ao que se afirmava à época de formação da FEB, que seria “mais fácil uma cobra fumar cachimbo do que o Brasil participar da guerra na Europa”.

Para chegar até a cidade de Nápoles, na Itália, a FEB se dividiu em quatro escalões e fez sigilo dos embarques, a fim de evitar novos ataques de submarinos do Eixo que ainda permaneciam no Atlântico Sul.

O primeiro escalão chegou sem incidentes ao porto de Nápoles. Era a primeira força latino-americana a combater em terras de ultra mar. 

Sob o comando do General Euclides Zenóbio da Costa, a Força Expedicionária Brasileira foi destacada para integrar as forças do 4º Corpo do Exército do 5º Exército Americano.

Após o recebimento do material bélico, os soldados brasileiros foram submetidos a um intenso treinamento por três semanas.

A zona de ação da FEB era em frente aos contrafortes dos apeninos, nas parte considerada a mais difícil da frente aliada, a chamada de Linha Gótica encontrava-se com dois exército alemães. 

No dia 16 de setembro, às 14h22m a artilharia abriu fogo pela primeira vez nas encostas do Monte Bastione, na região de Massarossa. 

Entre os dias 16 de setembro e 31 de outubro, a FEB progrediu 40km, capturou 208 prisioneiros, conquistou as cidades de Massarossa, Camaiore, Monteparano, Fornase, Gallicano, Castelnuovo e Barga e sofreu 290 baixas. Nas conquistas, a população recebia nossas tropas com aclamações e flores.

Conquista do Monte Castelo
Entre as áreas dominadas pelos alemães, uma se destacava por sua importância tática. O Monte Castelo servia aos nazistas como um observatório, de onde podiam monitorar as ações da Força Expedicionária Brasileira. Sem a conquista do Monte Castelo, não seria possível chegar até a cidade de Bolonha, que era o objetivo da tropa brasileira. Diante do Monte Castelo, os brasileiros passaram quase metade do tempo em que estiveram em campanha na Itália.

As primeiras tentativas de tomada foram mal sucedidas. As condições de tempo adversas impediram o apoio da força aérea e a participação dos carros de combate. 

Com a chegada do rigoroso inverno, as ações ofensivas foram pausadas. Por dois meses, os brasileiros lutariam contra dois inimigos implacáveis: os alemães e o frio. Durante esse período, os soldados fizeram estudos dos local e capturam inimigos para coletar informações que pudessem ser úteis. 

Assim que a primavera chegou, as ações ofensivas foram retomadas. Às 17h30 do dia 21 de fevereiro de 1945, foi desencadeado o ataque definitivo aos alemães no Monte Castelo.

Monte Castelo foi a maior disputa entre brasileiros e alemães durante toda a nossa participação na campanha da Itália. Foi o episódio mais emocionante da FEB durante a Segunda Guerra Mundial.

Características da moeda especial da FEB 
Cunhada em bronze e pesando 47 gramas, a moeda de 70 anos da FEB na Itália é um item único e exclusivo. Ela mede 4.45cm de diâmetro e 3mm de espessura e possui o revestimento de bronze envelhecido, além dos esmaltes.

Na face principal, a moeda traz três símbolos históricos, são eles: o brasão da Força Expedicionária Brasileira, com a sua emblemática cobra fumando, o brasão do 1º Grupo de Aviação de Caça da Força Aérea Brasileira (1º GAvCA), o esquadrão Senta à Púa! e o símbolo do 5º Exército Americano, do qual a Força Expedicionária Brasileira integrava como 4º Corpo do Exército.

No outro lado da moeda, está a imagem de três soldados brasileiros em frente a um veículo utilizado pela FEB na campanha. A imagem é reproduzida em 3D e encanta por seus detalhes. 

A moeda vai embalada em cápsula de acrílico .

MOEDA DE 70 ANOS DA FEB NA ITÁLIA
Metal: Bronze
Tamanho: 44.5mm de diâmetro
Espessura: 3mm
Banho: Bronze envelhecido + Esmalte
Peso: 47g
Embalagem: Cápsula de acrílico
Extras: Suporte de acrílico

Avaliação dos Clientes
  • Nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro!